Dinâmicas
 
As dinâmicas estão organizadas por volumes e divulgadas no site individualmente, para imprimir apenas a dinâmica dessa página clique no botão acima IMPRIMIR ESSA PÁGINA.

Agora se você desejar poderá salvar o arquivo contendo todas as dinâmicas desse volume na seção de download das apostilas, assim você terá várias apostilas de dinâmicas.
Clique para salvar as apostilas de dinâmicas
 
Confira as outras dinâmicas do volume 03
135. Torta do amor
Objetivo: Partilha dos bens entre todos.

(Essa dinâmica criei enquanto conversava com a Renata da cidade de Patos de Minas, para substituir a brincadeira "Torta na cara" eu não acho legal aplicar essa brincadeira de se dar torta na cara de quem erra porque vai completamente contra o que Jesus pede de nós: Se alguém bater em uma face oferece a outra. Apesar de ser uma brincadeira "sem maldades" acabei pensando na alternativa abaixo)

Material: fatias de torta (de verdade para que se possa comer no final) pode substituir a torta por: bolo, bombom, bala, ou qualquer outro doce que possa ser dividido e entregue aos participantes. É importante que o catequista leve uma quantia igual ou superior do numero de participantes, pq todos irão receber um pedaço da torta, ou o bombom, ou o doce escolhido para distribuir.

Será necessário um recipiente para dividir as prendas, exemplo se levar bombom, levar dois pratos ou sacolinhas para colocar os bombons de quem acertar a pergunta.

Participantes: dividir em grupos pequenos para que possam participar melhor, ou então apenas 2 grupos.

Perguntas: O catequista precisa preparar as perguntas com antecedência, não fiz isso pq assim o catequista pode usar as perguntas com um tema livre: Bíblia, Sacramentos, Perguntas diversas de religião, enfim fica a critério de cada catequista.

Quem responde primeiro?

O catequista pode levar um sininho, ou então, uma garrafa pet, ou simplesmente dividir em grupos e quem responder primeiro ganha um ponto.
No caso do sininho e da garrafa pet colocar em uma determinada distancia e um participante de cada grupo terá que alcançar primeiro o sininho ou a garrafa pet, se alguém tentar tirar o sininho ou a garrafa pet da Mao de quem pegou primeiro, automaticamente perde o ponto. (explicar que precisamos aprender a não roubar nunca, nem levar vantagens )

Apresentar a dinâmica aos participantes: Essa é uma variante da brincadeira "Torta na cara" mas ela se chama "Torta do amor" (caso o catequista resolva levar outro doce, por exemplo bombom, chamar a dinâmica de "Bombom do amor", então a dinâmica passa a levar o nome do doce: "Bombom do amor".

Então tem o inicio da brincadeira, um dos participantes corre ate o sininho ou garrafa pet para saber quem ira responder. Digamos que quem ira responder primeiro seja o participante do grupo A. Feita a pergunta e o participante acertou? Então o catequista não entrega o doce a ele e sim o catequista diz: O grupo A ja tem um pedaço da torta, ou se levou bombom, o grupo A ja tem um bombom.

Assim vai ate terminar as perguntas.

No final que vem a surpresa maior.

O catequista deve mostrar ao vencedor tudo o que eles ganharam, mas não entrega a eles. O catequista diz: Mas para receber o premio falta a pergunta final.

A pergunta final é: Porque a brincadeira chama-se "torta do amor" (ou o nome do doce que será distribuído, se for bombom: Porque a brincadeira chama-se "Bombom do amor"?)

A resposta está em Atos dos apóstolos:
"E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e fazendas, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar".At.2.42-47

O catequista mais uma vez pergunta: - o que vocês que ganharam terão que fazer? (deixar que eles tentem responder sozinhos.) Caso não consigam responder o catequista pode forçar a resposta perguntando: Vocês irão dividir tudo isso com quem? Com os amigos do grupo? Vai ficar só com quem pegar? Vai dividir com.....

Ate que eles respondam, dividir com todos os participantes, com quem ganhou e também com quem perdeu.

Apesar de haver um vencedor, todos irão receber um pedaço da torta, ou um bombom.

O catequista pode finalizar falando da partilha, da importância de se dividir e dizer que não foi bom brincar, ganhar e no final todos receberam o mesmo prêmio?

 
 
xm732