Meditações
 
O amor de Deus é gratuito e incondicional
 
Leia os outros artigos
 

A grande dificuldade da maioria das pessoas é aceitar que Deus é amor (1 Jo 4,8), pois dizem: Como crer no amor de Deus por mim, e ao mesmo tempo viver num mundo tão cheio de problemas? A resposta a esta interrogação é a razão de ser da Bíblia. A Sagrada Escritura é a história do amor de Deus pelos homens. Já no primeiro livro, é revelado que a razão de toda a criação é a Sua bondade: Deus viu que a luz era boa (Gn 1,4). E dentro desta criação, somente o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus (Gn 1,26). Tudo foi criado por Deus para a felicidade do homem.

Infelizmente, muitas pessoas não são capazes de viver o amor de Deus. São aqueles que passaram por experiências tristes na sua vida. Muitos não foram desejados desde o momento da sua gestação; outros, não receberam amor dos pais ou nem chegaram a conhecê-los. Ao lado disso, somam-se os traumas vindos da situação financeira, ou dificuldades de relacionamento, a rejeição por causa da raça... E tantos outros problemas, que acabam gerando a insatisfação e amargura diante da vida. Tudo isso, torna difícil amar a Deus, pois perguntamos:

Por que nasci nesta família? Porquê tanto sofrimento? Por que nada dá certo na minha vida?

Esta não é a vida que Deus deseja. Ele criou tudo pensando em você. Então, o que fazer? É simples: aceite o amor de Deus, você é alguém especial para Ele! Para amar a Deus é preciso primeiro deixar-se amar por Ele. Amamos a Deus, porque Deus nos amou primeiro (1Jo 4,19).

E a dificuldade em deixar-se amar por Deus está na visão errada sobre o amor e sobre Deus. Normalmente, as pessoas amam quem as ama. E no relacionamento com Deus, imaginam a mesma coisa, isto é, acreditam que Deus ama a quem O ama. Por outras palavras, é a idéia de que Deus recompensa os bons e castiga os maus.

O amor de Deus por você não é pelo que você fez ou deixou de fazer. O amor de Deus é gratuito e incondicional. No livro do profeta Oseias (Os 11,1-4), existe uma passagem sobre esta forma de Deus amar. Deus sempre havia dado tudo ao povo de Israel, mas este havia pago com ingratidão os cuidados do Senhor. Todavia, não vemos Deus arrependendo-Se do Seu amor.

Deus ama-o assim e é este amor que tem o poder de mudar a sua vida. O Senhor diz-lhe: “Amo-te com eterno amor, por isso, te estendi o Meu favor” (Jer 31,3). Por isso, aceite o amor de Deus, pois “Ele anda em transportes de alegria por causa de ti, e renova-te pelo Seu amor. Ele exulta de alegria a teu respeito” (Sof 3,17).

Este amor de Deus é real, pois Ele enviou o Filho d’Ele por causa de você. “Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu o Seu Filho único, para que todo o que n’Ele crer não pereça e tenha a vida eterna” (Jo 3,16).

A única coisa que você tem a fazer é parar e abrir as portas do seu coração a este amor. Se você está disposto a fazer isto, quero convidá-lo a fazer uma oração: Pai, eu Te abro as portas do meu coração, vem com o Teu amor sarar-me de toda a minha insatisfação diante da vida. Ensina-me a viver segundo este amor. É o que Te peço em nome de Jesus, na unidade do Espírito Santo. Amém!

Pe. Alberto Luiz Gambarini
in: A Fonte da Vida: O Novo Nascimento, Ed. Pneuma



 
 
xm732