Missa com crianças
 

3º Domingo da Quaresma: Jo 2,13-25
Missa elaborada por: Solange do Nascimento
Solange Nascimento – é autora da Missa com as Crianças e co-autora dos livros Jesus e as crianças. Sua formação acadêmica perfaz Pedagogia, letras , direito , MBA em gestão Institucional . Pós graduada em metodologia e doutoranda em Ciências jurídicas.

 
Você gosta da Missa com crianças?

Então compartilhe no FACEBOOK a missa dessa semana, clique no botão abaixo:

Obs.: Quando atualizamos a missa, você pode compartilhar novamente para que seus amigos também acompanhe a missa atualizada. Deus vos abençoe !
Compartilhe essa missa das crianças no facebook, para isto basta clicar no icone do FACEBOOK ou outro programa que você desejar compartilhar com seus amigos. Ajude-nos a levar a Palavra de Deus a todos.
Você tem muitos amigos e envia e-mails para todos? Então você pode enviar essa reflexão para todos de uma única vez, basta copiar a url abaixo e colar em seu e-mail.
Para enviar manualmente, copie CTRL C o código acima e cole CTRL V no mural ou mensagens de e-mails dos seus amigos:
 
Jesus expulsa os vendilhões do templo

Nessa semana ao invés de contar uma historinha pode usar essa sugestão de Filme: Leão cordeirinho

http://youtu.be/-Ieh8pVZEow

O catequista pode falar sobre o papel do leão diante do mal - ele era um leão que foi criado pelas ovelhas e parecia cordeiro, até que um dia veio o mal e queria tira dele sua mãe ovelhinha , então ele se encheu de coragem e contra o lobo mal ele lutou porque acreditou que todo mal deve ser banido do meio deles , assim como Jesus baniu os vendilhões do templo nos livrando do domínio dos gananciosos que querem fazer da igreja um templo de ostentação e de ganância pessoal

Acolhida - Boa noite queridas crianças. Boa noite a todos vocês que hoje vieram celebrar conosco .
Hoje nossa celebração irá nos falar sobre os vendilhões do templo .

Mas as crianças devem estar se perguntando : Quem são esses vendilhões ? E que templo é esse ?
Ah ! Deixa que eu vou contar para vocês .

Jesus, quando entrou em Jerusalém, foi conhecer o templo de lá( que hoje chamados de igreja - templo então era a casa de Deus, a casa de orações) e , quando Jesus foi chegando próximo a ele , se deparou com inúmeros vendedores ( que são os vendilhões do templo- vendedores de todos os tipos de produtos ) que faziam da casa de Deus um comércio , até dinheiro eles trocavam . Crianças , vocês não vão acreditar !? Jesus ficou bravo , mas bravo demais , bravo de um tanto que ele pegou um chicote e expulsou com muita raiva todos aqueles homens que faziam da casa de Deus um comércio .

É, e hoje ainda vemos tantas outras igrejas, de outros segmentos , que fazem isso também, exploram seus fieis , desrespeitam o templo que é de oração dizendo que Deus os quer ricos e que para serem ricos precisam também enriquecer suas igrejas , pagando altas taxas do dízimo , tirando dos pobres , ameaçando , ou dizendo realizar curas mirabolantes e que para isso precisam de dinheiro . Deus condena todo tipo de comércio em sua casa . Por isso Jesus ficou tão bravo e vem hoje condenar novamente este tipo de ação .

Então de pé com alegria ,vamos iniciar nossa celebração , onde aprenderemos que Deus sim , constrói um templo dentro de cada um de nós , mas um templo de amor , longe da ganância e da ambição . vamos cantar ?

Ato penitencial - Hoje no evangelho Jesus vem nos dizer que nos conhece por dentro ... mas como será isso , crianças ?

Eu trouxe aqui este boneco que nos imita para que possamos fazer uma análise dele .

Vejam só , ele tem cabeça , tem tronco , pés , braços, olhinhos , boca , nariz , cabelos ... tem um rosto feliz e parece ser como cada um de nós . Creio que é assim que nos vemos , um ser completo , idênticos uns dos outros . Mas o que será que nos faz diferentes se por fora temos o que todos têm ?
Vamos conhecer esse homem por dentro ... ( abrir o boneco de papel)

Vejam só .. aqui temos a visão que Deus tem de nós. Ele nos conhece o mais profundo do nosso ser.
Sabem o que mais Ele observa ? Esse órgão aqui , o coração... que é dominado pelo nosso cérebro é onde estão os nosso segredos . Vamos abrir o coração e conhecê-lo por dentro , que é o que só Deus pode revelar ...
Olhem só crianças, quantas coisas moram dentro de nós que só Deus conhece :

São os nossos sentimentos e eles são milhares . Aqui temos bons sentimentos que são aqueles que Deus espera de nós , mas por outro lado , temos também sentimentos ruins , estes Ele espera que expulsemos de nosso coração .

Que tal promovermos então uma limpeza nele ? Vamos deixar nosso corpo livre do pecado e repleto de bons sentimentos ?

Vamos então jogando no lixo tudo que nos atrapalha , tudo que faz com que sejamos impuros aos olhos de Deus e nos limpando , livrando do pecado .

Assim , renovados pela fé, livres de todo mal , vamos pedir perdão cantando

Leitura – A nossa leitura de hoje está tão linda que encherá nossos ouvidos da graça de Deus. Para ouvi-la temos que ficar bem atentos e em silêncio, está bem? Ouçamos atentamente.

Aclamação – Com atenção vamos ouvir que nos fala que nós somos o Templo de Deus, por isso devemos nos manter sempre alimentados pelo grande amor que Deus em nós depositou. Em pé, com alegria, vamos todos a cantar pra mais bonita nossa celebração ficar.

Evangelho

Preces

SENHOR , ESCUTAI a nossa prece .

1- Senhor, olhai pela Santa Igreja católica e apostólica, para que as águas do rio da vida a façam produzir frutos abundantes de santidade. Nós vos pedimos.

2- Senhor, dai sabedoria ao Papa , aos bispos, presbíteros e diáconos, para que edifiquem a Igreja sobre o alicerce dos Apóstolos e, como eles, eduquem a fé dos batizados. Nós vos pedimos.

3- Senhor, iluminai os que vêm a esta Igreja, para que aprofundem a sua vocação de filhos de Deus ao participarem da Palavra e da Eucaristia. Nós vos pedimos.

4- Pelas nossas crianças , para que cresçam aprendendo a cuidar do seu templo espiritual , enchendo-o com a graça de Deus e o fortalecendo com a presença sempre viva do Espírito Santo , rezemos


Ofertório – Chegou o nosso momento de ofertar ao nosso Deus tudo que temos de bom:

Ofertar ao nosso Deus como propósito de vida, como proposta a ser seguida a cada dia, seus mandamentos, as mesmas tábuas da lei de Moisés vividas a cada dia intensamente por cada um de nós.

Ofertar o nosso corpo, como templo de amor, como presença viva do Espírito Santo, cuidando dele com carinho, construindo a cada momento ações que dignifiquem a nossa vida e a de nossos irmãos.

Oferecermos a nossa igreja, templo vivo de Deus, queremos a cada dia preservá-la, respeitá-la e amá-la sempre.

Ofertar também o nosso servir aos outros ,ajudado as pessoas a entender melhor a suas palavras e fazer com que elas possam caminhar em seus passos , praticando a bondade e a caridade tão necessárias no mundo atual.

Junto com Pão e ao Vinho oferecemos ao Senhor nosso compromisso de sempre cuidar de seu Templo tão vivo em nós. Vamos cantar bem bonito o canto do ofertório.

Comunhão – Como vocês já perceberam crianças, estamos celebrando o cuidado que devemos ter com o nosso corpo que é o Templo do Senhor e com toda a comunidade. Esse cuidado nos impulsionará a estar mais atentos a necessidades de nossos irmãos. E pra gente fortalecer cada vez mais nosso Templo, vamos receber a Jesus na eucaristia, como nosso alimento de salvação. Vamos ao seu encontro cantando.

Ação de graças – hoje vimos na nossa celebração crianças através do evangelho , que ninguém imaginava que o dócil Jesus fosse um dia se indignar contra uma situação de injustiça, ao ponto de derrubar as mesas dos cambistas no camelódromo do Templo. Mas com aquele gesto, O Filho de Deus quer nos mostrar que o cristão não é aquele cara bonzinho, ou bobinho, que deixa todos pisar nele. Santidade não é bem isso. Santidade também é indignar-se com as injustiças, com a corrupção, com os salários injustos, com a pedofilia, com o roubo do dinheiro público, com o Estatuto do Menor, e com toda impunidade que gera violência gratuita. Se você é um desses revoltados contra o abuso dos fora do Plano de Deus, não se sinta culpado, mas pelo contrário. Sinta-se um imitador de Cristo.

E´ nosso dever agir diante das injustiças . Jesus nos ama e nos chama para corrigir o irmão que vive errado. Pois se você não repreender o erro do seu irmão, passará a fazer parte do erro dele. É como acolher em sua casa um fugitivo da lei.
(Adaptação de José Salviano.)

Agora, crianças, vamos pedir a também a nossa mãezinha querida sua intercessão sobre todos nós, para que possamos cuidar de nosso Templo, que é nosso corpo, como verdadeira casa de Deus.Vamos todos rezar ave Maria..

 
Jesus e as crianças
Toda semana você encontra aqui teatrinhos e historinhas que auxiliam na compreensão da Santa Missa.
Você utiliza as historinhas na missa? Adiante a preparação da missa adquirindo os livros dos 3 anos litúrgicos: A - B e C.

São no total 168 historinhas por apenas: R$ 35,00 e FRETE GRÁTIS (o kit com os 3 livros).

Caso tenha interesse nesses livros clique aqui para conhecer melhor.
Historinha da semana:
As três casinhas de Deus

Técnica: Objetos apresentados sobre a Mesa na seqüência da narração

Objetos: Três casas montadas do mesmo tamanho, sendo que uma vai se desdobrar (como sanfona), tábuas da lei, ciscos, teias de aranha, farinha – duas lanternas pequenas – taça de cristal – lenço, bijouterias, perfume – pequeno coração – lanterna grande – palavras dobradas: preguiça, roubo, crime, corrupção, orgulho, egoísmo, luxo, poder, ganância – baldinho de lixo, escrito “lixinho”.

 

Hoje já falamos de como Deus nos ajuda a estarmos no Seu caminho de amor se seguirmos Suas Leis… Já aprendemos que somos templo de Sua morada… Casa em que Ele habita!

Isso!… Cada um de nós é uma bela casa para a morada do Senhor… “bela casa”…

Será que somos assim mesmo? Uma “bela casa”? Então, agora, proponho a vocês imaginarem comigo esta situação, e depois entenderemos melhor tudo isso. Vejamos:

(Levantar e deitar as três casinhas)

Existiam três casinhas, assim como as nossas, e todas elas seriam morada de Deus.

(Levantar as tábuas da lei)

Ele colocou algumas regras, as Suas Leis… Pois se Ele seria o morador, era óbvio que deveria colocar as regras para se sentir bem em casa… Assim como a mamãe, na nossa casa, gosta dos móveis em determinado lugar, o chão limpo, tudo sem poeira, e tantas outras leis para que sinta-se bem naquela casa.

Bom, então, aquelas três casinhas sabiam de todas as regras que fariam Deus se sentir bem nelas… Mas… aconteceu que…

(Colocara primeira casinha em pé)

A primeira se descuidou das regras… Começou a ficar relaxada, preguiçosa… Esquecia a porta aberta e outros moradores começaram a ocupar aqueles cômodos empoeirados, sujos, cheios de teia aranha…

(Jogar farinha, cisco, teia de aranha – coração bem pequeno)

Para Deus, a casinha largou um pequenininho canto…

E vocês acham que o Senhor a abandonou à própria sorte? Não!

Mesmo num pequeno cantinho, (lanterna) Deus continuava a iluminar a casa, para que um dia ela retornasse a se importar com as Leis e se fizesse agradável a Deus, limpando e tirando de dentro dela os invasores.

(Colocara segunda casinha em pé)

A segunda casinha, começou a achar que estava muito pequena para Deus e começou a aumentar seus cômodos, (erguer cômodos) fez mais andares… Colocou vidros de cristal (taça) nas janelas… Portas de madeira trabalhada… Mobília chique… Enfeites… Como ficou chique aquela casa!… (lenço e bijouterias) Tão chique!… Mas tão chique, que por fim, não se lembrava mais em que lugar colocaria Deus morando nela, pois seus enfeites e riquezas encheram todo o espaço e Deus não mais se sentia bem naquilo tudo e se colocou num cantinho, (pequeno coração com luz) ainda iluminando a casa, esperando que ela se voltasse novamente às leis e se fizesse lugar agradável para Ele.

(Colocar a terceira casinha em pé)

À terceira casinha coube o último exemplo.

É que ela se manteve fiel à Lei… Limpava e espanava todos os dias seu chão, suas paredes, seus cantinhos, com a vassoura do amor e o espanador do perdão… Sua mobília era simples e confortável para acolher o irmão com carinho e atenção… E Deus se sentia à vontade naquela casa… Mas, mesmo assim, a casinha não podia apenas se sentir bem tendo Deus assim, tão bem acolhido. Para ela era pedido algo mais… (luz grande lanterna da porta) e ela teve que abrir sua portinha e emprestar às casinhas, suas vizinhas, a sua vassourinha do amor e o espanador do perdão…

Que alegria, então elas tiveram!

(Tirar tudo da primeira)

E com todo entusiasmo, a primeira casinha fez aquela faxina… Tirou dela os invasores… Precisou de um caminhão para carregar o entulho (tirar de dentro da porta da casinha palavras dobradas e mostrá-las: preguiça, roubo, crime, corrupção)

(lixinho) A segunda casinha aproveitou o passeio do lixinho e colocou nele tudo o que era supérfluo e que se acumulava dentro dela… (disse que ia distribuir com quem nada tivesse)!… E lá se foi o orgulho, o egoísmo, o luxo, o poder, a ganância. (palavras dobradas retiradas também de dentro da casinha)

E então as três casinhas puderam experimentar a extrema alegria de serem agradáveis a Deus…

E Ele se esparramou dentro delas com o maior Amor! (acender uma grande luz nas casinhas). Com a maior luz! No maior aconchego!

E é assim que acontece com cada um de nós: pois precisamos, todos os dias, cuidar da casa de nosso coração… Como a mamãe cuida da nossa casa… Repetir a limpeza todos os dias… E é aí que entram as leis, as regras de Deus, para servirem como instrumentos nossos nesta limpeza…

 
 
Fonte de pesquisa (preces e leituras) - www.homilia.com.br

 
 
xm732